Música Notícias de Musica

Resistência celebra 25 anos com disco ao vivo

A Resistência está de regresso com a edição de um disco ao vivo para celebrar os 25 anos de história na música tradicional portuguesa. Este marco é celebrado com a edição de um registo captado num dos concertos no MEO Arena, onde em palco estiveram Alexandre Frazão (bateria), Fernando Cunha (voz e guitarra 12 cordas) Fernando Judíce (baixo), José Salgueiro (percussões), Mário Delgado (guitarra), Miguel Ângelo (voz), Pedro Jóia (guitarra clássica), Olavo Bilac (voz) e Tim (voz e guitarra). A estes juntaram-se ainda Raquel Tavares e António Zambujo, amigos de longa data que quiseram estar presentes neste momento.

A Resistência, nessa festa de 25 anos, regressou a canções que já são autênticos hinos: “Não Sou o Único”, “Nasce Selvagem”, “A Noite” ou “Amanhã é Sempre Longe Demais”, “Fado”, “Sete Naves”, “Timor” ou “Circo de Feras”, mas também “Se Te Amo”, “Traz Outro Amigo Também”, “Só no Mar” ou “A Gente Vai Continuar”, criações de nomes incontornáveis da música portuguesa como os Xutos & Pontapés, Delfins, Sitiados, Rádio Macau, GNR ou Heróis do Mar e Jorge Palma ou o eterno Zeca Afonso.

O álbum é editado esta sexta-feira, 20 de novembro, mas na Rádio Dom Fuas já é possível um dos temas incluídos na colectânea: “Nasce Selvagem”, no qual participam Raquel Tavares e António Zambujo.