Autárquicas 2017 Informação Porto de Mós

A primeira mulher à frente da Assembleia Municipal

Ontem foi dia de tomada de posse dos novos autarcas de Porto de Mós. Ao final da tarde, o novo presidente da Câmara e os restantes vereadores e todos os membros da Assembleia Municipal foram empossados pela mão de Rui Neves, presidente da Mesa da Assembleia que agora cessou funções. Seguiu-se a eleição do novo presidente da Mesa da Assembleia Municipal, tendo sido escolhida Clarisse Louro, a cidadã mais votada no passado dia 1 de outubro.

A candidata do PSD torna-se assim na primeira mulher a exercer esta função no concelho de Porto de Mós, facto que a própria considera ser “evidentemente, uma honra, mas também um enorme desafio”. Por isso, julga ter “um dever de um desempenho que responda às expectativas adicionais e que mantenha aberta, para as mulheres do concelho, a porta que agora se abriu”, disse Clarisse Louro no seu discurso final.

A nova presidente da Mesa da Assembleia Municipal de Porto de Mós, fez ainda um apelo ao restantes deputados: “Que os trabalhos desta casa decorram com elevação, com respeito por todos, sem nunca beliscar a saudável e democrática diversidade de opiniões. Que saibamos desfrutar da democracia e dar bom uso à palavra, nunca a utilizar com demagogia, com fúria e com raiva”.

Numa cerimónia em que muito se falou de mudança, Jorge Vala considera ter de haver um esforço conjunto para que se cumpra o prometido: “Acredito que só uma forma de governação integrada de poderes locais, poderá vir a dar mais às nossas populações. Temos de ter a capacidade de nos vermos como um todo. […] No desempenho das funções de que agora sou investido procurarei, num verdadeiro trabalho de equipa, […] dar corpo àqueles que foram os nossos compromissos durante a campanha eleitoral”.

Vala enumerou algumas ações que pretende levar a cabo, entre elas a novidade da descentralização das reuniões camarárias, sendo uma por mês, numa freguesia diferente.